Tem bebê velho no Universo!

É isso mesmo que você leu: um bebê “velho”! Utilizando dados combinados de dois grandes telescópios espaciais, o Hubble e o Spitzer, e um grande telescópio terrestre, o Keck,  um time de astrônomos das universidades de Yale e da Califórnia, nos Estados Unidos, acabaram de descobrir uma galáxia cuja idade estimada é de incríveis 13.1 bilhões de anos. Lembrando que a idade do nosso universo é de 13.8 bilhões de anos. Ou seja, esta galáxia recém-descoberta deve ter “nascido” quando o Universo tinha aproximadamente uns 670 milhões de anos. Dessa forma, este é o objeto mais antigo que já conseguimos observar!

 
Mas não pensem que ela é uma galáxia fraca, não! Nomeada de EGS-zs8-1, esta galáxia só pôde ser observada por causa do seu brilho muito intenso em imagens captadas em alguns filtros (ou “cores”) pelos telescópios, com uma grande ajuda do Multi-Object Spectrometer For Infra-Red Exploration (MOSFIRE, do inglês: Espectrômetro de Objetos Múltiplos no Infravermelho), um instrumento contido no telescópio Keck que permite a observação de várias galáxias ao mesmo tempo. Os astrônomos estimaram ainda que ela mantenha uma taxa de nascimento de estrelas bastante alta, cerca de 80 vezes maior do que a taxa de formação de estrelas da nossa galáxia, a Via Láctea (que é uma galáxia mais jovem, com 13.2 bilhões de anos), e que seja ainda mais “massiva” do que esta, com 15% de massa a mais.
 
Agora, por que uma galáxia bebê? Porque a luz que observamos dela, na verdade, foi emitida há muitos anos, de forma que a aparência que temos dela hoje é a de uma galáxia de apenas 100 milhões de aninhos, uma galáxia superjovem!
 
A descoberta de um objeto tão antigo vai nos permitir estudar como eram as características químicas e dinâmicas do universo em seus primeiros anos, elucidar questões já propostas – como a possibilidade de se existir galáxias massivas no universo primitivo, como seriam os objetos primordiais, as primeiras estrelas e etc – e ainda abrir outras infinitas questões que ainda estarão por vir. As portas para os segredos do universo só estão começando a se abrir!
 
Carolina de Assis, astrônoma do Museu Ciência e Vida.
Para aprender mais sobre astronomia, o Museu Ciência e Vida oferece Sessões de Planetário. Para agendamento escolar, ligue para 2671-7797. Temos sessões abertas ao público também aos sábados e domingo, às 14h e 15h.
ATENÇÃO: Ambiente a 18ºC, por favor trazer casaco.