Museu Ciência e Vida promove Energia Nuclear

      O mundo acompanhou o desastre natural no Japão que culminou na crise nuclear do país. A tragédia reacendeu uma antiga discussão sobre a real necessidade do uso da energia nuclear. Mas afinal, que energia é essa? Como ela é processada? Qual a diferença entre a nuclear e as outras fontes de energia? Para responder essas e outras questões, o Museu Ciência e Vida apresenta a exposição Energia Nuclear.

         Considerada uma fonte limpa, a energia nuclear está muito mais próxima do que imaginamos.  Os materiais radiativos podem ser encontrados no solo, na água, no ar, nas plantas, nos animais, nos alimentos e etc. Entre os interativos da mostra, existe uma máquina que revela a presença de componentes radioativos até mesmo no feijão. Sendo assim, é possível afirmar que o ser humano é diariamente exposto a algum tipo de radiação.          No espaço interativo da exposição: jogos, textos, painéis, vídeos e depoimentos.  O visitante terá a oportunidade de manipular os elementos da tabela periódica, analisar e detectar amostras radiativas, confeccionar átomos, controlar a radiação dos alimentos e mais.

Em cartaz no dia 04 de agosto, a mostra é uma parceria da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) e a Casa da Ciência/UFRJ com o apoio da FINEP e  Faperj .  O intuito é trazer esse tema para o nosso cotidiano, destacando as suas diferentes formas de uso e implicações para a humanidade.  Afinal, energia nuclear é muito mais que bombas atômicas e  acidentes radiativos. 
Energia Nuclear

A partir de 10 de maio

Terça a sábado, de 09:00 às 17:00

Domingos e feriados, de 13:00 às 17:00.

Para visitação mediada*

Classificação livre

Entrada Franca

 

 

*Para escolas e grupos (a partir de 15 integrantes)

De terça a sexta

Somente com agendamento. Contato: 2671-7797

Capacidade: 52

Duração máxima: 1 hora